Moro publica números da 1ª semana de projeto contra violência urbana

Relatório parcial indica que, nos cinco municípios participantes, foram aprendidos 14.434 kg de entorpecentes e presas 91 pessoas

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, publicou neste domingo (8) um pequeno informativo com dados parciais sobre as operações realizadas durante a primeira semana do programa "Em frente Brasil" — que prevê a união das forças de segurança municipal, estadual e federal para atacar o problema de violência urbana.

Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro - RENATO COSTA /FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO - 29/08/2019

Atualmente, o projeto-piloto atua em cinco cidades, uma em cada região do País: Ananindeua (PA), Paulista (PE), Cariacica (ES), São José dos Pinhais (PR) e Goiânia (GO).

Entre os números publicados por Moro e o Ministério da Justiça, chamam atenção, por exemplo, as apreensões de entorpecentes: foram 14.434 kg apreendidos no período entre 28 de agosto e 5 de setembro de 2019. O relatório acrescenta que também foram apreendidas 11 armas de fogo e recuperados 12 veículos.

O informe mostra ainda que 91 adultos foram presos e 6 menores foram apreendidos. Além disso, foram abordadas 11.464 pessoas, 6.552 veículos e 122 estabelecimentos. Veja o tweet abaixo.
A ideia do programa "Em frente Brasil" é aliar medidas de segurança pública e ações sociais e econômicas.

Em entrevistas, Moro chegou a afirmar que a concepção do projeto é, fora reduzir crimes violentos, trabalhar de forma preventiva ao melhorar políticas públicas nas cidades. "Também temos de enfrentar causas da criminalidade, eventualmente relacionadas a degradação urbana e abandono", disse.