Itaúsa diz que eventual compra da Liquigás não tem efeito significativo em resultados

SÃO PAULO (Reuters) - A Itaúsa, holding de investimentos que controla o Itaú Unibanco e outras empresas, confirmou que um grupo do qual participa com Copagaz e Nacional Gás Butano apresentou a melhor oferta da fase vinculante pela aquisição da Liquigás junto à Petrobras, segundo comunicado nesta segunda-feira.

Imagem: Reprodução


"Caso concluída a operação, não se espera que esta acarrete efeitos significativos nos resultados da Itaúsa neste exercício social", afirmou.

A Itaúsa disse ainda que a transação se daria mediante investimento acionário na Copagaz, passando a deter participação minoritária e relevante na empresa, e acrescentou que os contratos "serão negociados nas próxima semanas".

None

(Por Luciano Costa)

Copyright © Thomson Reuters.