'É um momento histórico e pretende pôr fim ao conflito', afirma Kim Jong-un


Kevin Lamarque/ Reuters - 30.06.2019

Líder da Coreia do Norte se encontrou com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na fronteira pela primeira vez na história

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, afirmou neste domingo (30) durante seu encontro com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na fronteira entre as duas Coreias que "se trata de um momento histórico que pretende pôr fim ao conflito na península coreana".

Kim qualificou o gesto de Trump como "valente", pouco depois de o americano dizer que vai convidar o líder norte-coreano para visitar Washington.

"Vou convidá-lo à Casa Branca", disse Trump após se encontrar com Kim na fronteira e momentos antes de ambos terem uma reunião privada junto à fronteira.

A oferta foi feita no encontro entre ambos antes que entrassem para uma sala para realizar uma reunião informal, no lado sul-coreano da fronteira, em um prédio conhecido como Freedom House.

Trump se tornou hoje o primeiro presidente americano a pisar em território norte-coreano, embora brevemente, depois de ter cumprimentado Kim na linha de fronteira, que chegou vindo de outro prédio situado no lado norte-coreano.

"Alegro-me de vê-lo de novo. Jamais esperava vê-lo neste lugar", disse Kim para Trump.

O presidente americano disse que "estão acontecendo coisas muito positivas" na península por causa da aproximação entre Washington e Pyongyang iniciada no ano passado.