Terremoto de 4,7 graus sacode as Filipinas, o terceiro em três dias - E Dia

Terremoto de 4,7 graus sacode as Filipinas, o terceiro em três dias


Tremor provocou interrupção das operações de busca e resgate de sobreviventes no desabamento de supermercado causado por abalo anterior

Um novo terremoto, dessa vez de 4,7 graus de magnitude, sacudiu nesta terça-feira (23) várias províncias do norte das Filipinas, na ilha de Luzón, no terceiro tremor registrado no país em três dias depois dos sismos de 6,1 e 6,4 graus.


Terceiro terremoto atinge Filipinas Eloisa Lopez/Reuters - 23.4.2019

O centro do terremoto se situou em Castillejos, na província de Zambales, perto do epicentro do primeiro terremoto de 6,1 que fez tremer várias partes de Luzón na segunda-feira e que causou pelo menos 16 mortes.

Este novo tremor provocou a interrupção das operações de busca e resgate de sobreviventes no desabamento de um supermercado na cidade de Porac, na província de Pampanga, causado pelo terremoto anterior.

O Serviço Geológico dos Estados Unidos situou a magnitude do último tremor em 4,7, enquanto o Instituto de Vulcanologia e Sismologia das Filipinas (Philvocs) a calculou em 4,5.

Segundo o Philvocs, o hipocentro do terremoto teve 11 quilômetros de profundidade e nas próximas horas é provável que aconteçam réplicas. Desde o terremoto de segunda-feira, o organismo registrou mais de 600 réplicas.

Outro forte terremoto de 6,4 sacudiu ontem a ilha de Samar, no centro das Filipinas, mas, por enquanto, não há registro de vítimas.

As Filipinas se assentam sobre o chamado Círculo de Fogo do Pacífico, uma área de grande atividade sísmica e vulcânica que é sacudida por 7.000 tremores ao ano, a maioria deles moderados.